terça-feira, 18 de novembro de 2008

PROTEINA VEGETAL x PROTEINA ANIMAL

A questão protéica é uma das grandes dúvidas de vegetarianos e de pessoas que querem aderir à dieta vegetariana e, assim, fica à tona a grande questão: uma dieta com restrição total de alimentos de origem animal teria proteínas suficientes para suprir nossa carência?

De acordo com American Dietetc Association e a Organização Mundial da Saúde, em uma dieta balanceada, a ingestão de proteína deve representar cerca de 15% do total da dieta diária de uma pessoa.
O organismo do ser humano utiliza as proteínas na formação de hormônios, enzimas e anticorpos, portanto, a sua carência leva a uma deficiência em diversas vias metabólicas do corpo.

É muito difícil um indivíduo desenvolver uma deficiência protéica, mas esta pode acontecer ingerindo uma quantidade insuficiente de alimentos, tanto de origem animal quanto de origem vegetal, ou ingerindo quantidades de açúcar e álcool muito altos, pois ambos são grandes fontes de calorias, pobre em nutrientes e não contem proteína em suas composições.

Para indivíduos onívoros e ovo-lacto-vegetarianos a deficiência se torna ainda mais difícil, pois a proteína animal possui grande quantidade dos aminoácidos essenciais para o nosso organismo. Entretanto o vegetariano restrito de qualquer alimento animal, vegan, pode conseguir todo suprimento protéico necessário a partir de uma dieta vegetariana. Lembrando que a soja é o alimento vegetal que possui todos os aminoácidos essenciais ao nosso organismo.

A dieta vegetariana possui um menor conteúdo protéico do que uma dieta baseada em carne, entretanto isso não é uma desvantagem. Estudos comprovam que o consumo excessivo de proteínas pode ocasionar cálculos renais, osteoporose, e um aumento do colesterol, pois a proteína animal é rica em gorduras. Portanto, uma dieta rica em legumes, grãos, frutas e vegetais tem proteínas suficientes para uma dieta saudável.

"As grandes vantagens da proteína vegetal são a ausência de gordura e a presença de fibras", ressalta a nutricionista Márcia Terra, consultora da empresa de nutrição Nutri-Insight, em São Paulo. "As proteínas vegetais são boas fontes de ômega-3 e ômega-6, gorduras benéficas", acrescenta o nutrólogo Carlos Alberto Werutsky, que também é um dos diretores da Associação Brasileira de Nutrologia. "Nem por isso deve-se desprezar a proteína animal, que também sacia e é mais completa. O ideal, então, é consumir as duas juntas."
Veja as principais diferenças entre a proteína vegetal e animal:




Boas fontes de proteína vegetal são:





Fontes:




Texto complementar ao da Camila.

Postado por Thaise

4 comentários:

Anônimo disse...

Pesquisem um pouco mais a soja é uma porcaria...

http://drpaulomaciel.com.br/perigo-soja-a-vista/
http://www.drrondo.com/art/soja.htm

Anônimo disse...

Carne de frango:
Excesso de hormônios introduzidos para que o animal chegue à idade adulta em semanas, quando o natural seria em meses.
Carne de boi:
O bicho também recebe produtos para chegar à idade adulta em menos de um terço do tempo normal.
Soja: Trangênica...

O consumo excessivo de qualquer alimento faz mal, até excesso de alface pode infartar alguém.

Concordo que soja não seja um alimento saudável por ser a grande maioria trangênica, não sabemos como nós, que apesar de sermos dotados de inteligência, somos animais e não sabemos qual a resposta biológica a um alimento que teve sua estrutura alterada.

Se como soja? Sim, um pouco, cerca de uma ou duas colheres, uma vez a cada três ou quatro meses, prefiro a escura, que é menos usada na exportação e ainda é possível encontrar orgânica, mas o grão e não estas "carninhas texturizadas" que levam super químicos para ficar assim.

A quinua é uma alternativa bem bacana, amendoim, lentilha...

Anônimo disse...

ñ me ajudou

Anônimo disse...

Só nao segue a pirâmide alimentar quem não quer. Ela é meio caminho andado para A dieta ovo-lacto-vegetariana. a carga de derivados animais presente é pouca e facilmente substituível. No passado a carne era pouca e ninguém passava mal com isso pq compensava bem com vegetais (mais baratos - sempre foram) e sempre serão. Domine seu habito alimentar e seja feliz ! :D